Palestra e peça de teatro em Cubatão abordam o suicídio


Apresentações ocorrerão no dia 23, durante a Reunião Especial de Famílias do Cadeq


No mês em que ocorre a campanha brasileira de prevenção ao suicídio, o Centro de Apoio, Desenvolvimento e Qualificação (Cadeq) promove palestra e peça de teatro que abordarão o tema. O evento será no dia 23/9, durante a Reunião Especial de Famílias do Cadeq, que ocorrerá no Centro de Referência do Idoso (CRI), na Rua Dr. Fernando Costa, 181 – Vila Santa Rosa, a partir das 19hs, com entrada franca ao público.


Teatro - A peça de teatro ‘Em Marcas’, baseada em fatos reais, será encenada pela Cia. de Teatro Enos. Os atores Adeildo Messias, Cláudia Guimarães, Paulo Roberto e Antony Ormeneze abordarão o suicídio como tema central da apresentação, explorando os estágios mais sombrios da alma humana.


Messias, autor do texto, afirma que “o objetivo é mostrar a fragilidade e a vulnerabilidade de um autocida (suicida) e a degradação do corpo pela violência pessoal, gerando o suicídio”. O drama foi escrito em 2018 e já foi encenado em escolas, igrejas e na Fundação Casa de Peruíbe.


Palestrante - Já a palestra estará a cargo da psicóloga clínica Elaine Gama Rocha do Nascimento, que já desenvolve um trabalho de conscientização sobre o assunto, por meio de encontros e palestras.


Elaine é psicóloga clínica cognitiva comportamental, graduada pela Universidade Católica de Santos. É especialista em Desenvolvimento Pessoal e Profissional. Realiza palestras e estudos na área da depressão e do suicídio. Atua também nas áreas de Orientação Vocacional, Psicoterapia Individual e em Grupo, Treinamento de Liderança Empresarial, Treinamento de Excelência na Prestação de Serviços ao Cliente, ministrando ainda o Curso de Inteligência e Emoção e o Programa de Ressignificação da Imagem Corporal.


Suicídio – Elaine destaca que o suicídio - palavra que vem do latim e significa Ação de matar a si mesmo - é o ato intencional de buscar a morte como única solução para um sofrimento que se torna insuportável.


O Ministério da Saúde considera este um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, e identidades de gênero.


Estima-se que 1 milhão de pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada 45 minutos, enquanto outras três tentam se matar sem sucesso no mesmo período.


A psicóloga afirma que o assunto é ainda um tabu. Por isso, muitas pessoas evitam falar a respeito, o que nem de longe é a melhor decisão. Um problema dessa proporção não pode ser negligenciado, pois sabe-se que a comunicação correta e o acompanhamento por especialistas da saúde mental evitam até 93% das mortes.


Reunião Especial de Famílias - O projeto desenvolvido pelo Cadeq visa não só dar apoio psicológico aos familiares de dependentes químicos nos momentos mais críticos, mas também prestar as informações e orientações sobre diversos temas que possam atingir a família e o dependente químico. O objetivo é promover uma verdadeira capacitação aos envolvidos para saberem lidar com diversas situações que possam ocorrer.


As reuniões fechadas aos familiares de dependentes químicos ocorrem duas vezes na semana. Às segundas-feiras, os encontros são realizados a partir das 19 horas, no Centro de Referência do Idoso. Às quartas-feiras, ocorrem na sede do Cadeq, às 14 horas, na Travessa José Vicente, 50, Sítio Cafezal (atrás do Teatro do Kaos).


Já as reuniões especiais - abertas ao público, com entrada franca e sempre com um convidado especial para interagir com os participantes - ocorrem toda última segunda-feira do mês, também no Centro de Referência do Idoso, a partir das 19 horas. Além de sempre trazerem temas interessantes, são o momento propício para que o público em geral possa conhecer mais sobre a dependência química e, desta forma, desfazer preconceitos que a doença ainda carrega na sociedade.


Texto: Assessoria de Imprensa do Cadeq

66 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo